18 de setembro de 2016

O dilema da ocupação indevida em áreas reservadas à Deficientes Físicos

Hoje chegando no Hipermercado vi que todas as vagas para Deficientes Físicos estavam ocupadas.
Tivemos que rodar pra achar vaga. E eu disse ao meu marido: Duvido que tenha tudo isso de cadeirante lá dentro. Colocamos a credencial no painel e descemos.

Encontramos um casal com seu filho cadeirante e só tinha ele e a Jaque.
Meu marido indignado, eu também pois a verdade é que ninguém se importa com ninguém. E estrategicamente as vagas são disponibilizadas perto à entrada porque é melhor para se locomoverem.
Meu marido dizendo que não adiantava brigar, nem reclamar, e que há anos atrás eu tinha feito isso sem sucesso.

Pois entrei em contato na página do estabelecimento cobrando uma postura deles. O estabelecimento é sim obrigado a fiscalizar pois uma pessoa que ocupa indevidamente a vaga prejudica as outras que precisam, e que eles podem ser multados por não cumprirem a lei. 

Eu não deixo quieto, reclamo mesmo, e vou reclamar até ver mudança. 
Dentro dos shoppings é proibido até estacionar sem identificação e credencial e quem não obedece leva multa. Os Supermercados devem cumprir a mesma lei. E se continuar a palhaçada vou denunciar para alguém que possa fazer de fato algo. Quando vejo o desrespeito não me calo. 

Lutamos para ter qualquer direito aos nossos filhos e mesmo assim muitas vezes não conseguimos. Agora se as pessoas devem se adequar à lei, também devem ser cobradas. 
Na hora não faço nenhum barraco. Mas eu tomo providências sim, fiscalizo e reclamo. Já consegui mudar algumas coisas com essa atitude não só para a minha filha, mas isso beneficia todos.

As pessoas de uma forma geral devem reclamar das ocupações indevidas nas Vagas Reservadas à Pessoas com Deficiência Física. 
Eis um exemplo de uma dessas pessoas que comentou na minha avaliação onde reclamei do estabelecimento.
Só que alguns estabelecimentos não fazem nada! Então o que nos resta é ir lá e reclamar direto ao folgado que ocupa a vaga mesmo.

Temos que conscientizar as pessoas de forma marcante e inteligente.

(Adriana Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário