6 de abril de 2016

Ame o que é diferente.

É muito fácil amar aquilo que te traz vantagem. Difícil é amar o que difere-se de você e não te traz benefício aparente.Difícil é pegar no colo mesmo sabendo que vai ralar os joelhos. Mas é fácil rir e conversar com aqueles que são muito iguais e acham graça de tudo o que você fala.
É cômodo gostar de pessoas que sempre te elogiam por aparentemente lhe conhecer sem ver os seus piores defeitos. É incomodo quando as pessoas lhe dizem aquilo que você não quer ouvir e por isso você se afasta.
É fácil querer perto as pessoas que falam aquilo que quer ouvir, e é maravilhoso se iludir com um mundo de aparências, onde reina a hipocrisia.
É difícil querer conversar olhando no olho do ente querido, de saber como está, mas é absolutamente fácil trocar mil mensagens e ter tempo a todas as pessoas que acha importante para inflar o seu ego.
Ame o que destoa de você. Traga para perto e para uma conversa cara a cara aquela pessoa que você ama. Esqueça o celular, o tablet o notebook.  Ame o que é diferente se você for capaz! Quebre as barreiras!

(Adriana Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário