4 de fevereiro de 2016

Desacordo entre médicos ou profissionais

Eu não entendo porque alguns profissionais ficam em guerra um com o outro, de desaprovar a conduta do outro. Nós ficamos num fogo cruzado, a pessoa acha que o que ela fala é lei, sequer termina de escutar ou de ler algo e já contesta. Será que é pra mostrar serviço, que é o melhor e tal? Não sei! Mas o que um paciente precisa não é de aprovação e desaprovação de um com o outro e sim de ouvir o que é melhor ao paciente.Não adianta teorias. É claro que toda dica e ajuda são de grande valia, mas ninguém faz melhor no que se refere cuidar da pessoa. Quem cuida é a mãe.
Quer mostrar que é ótimo no que faz? Ouça as pessoas! Converse numa boa, e não ficar tentando provar que é o legal, uma coisa forçada que é legal, que faz melhor do que o outro. Humildade é tudo!

Enfim, alguns comportamentos me irritam, eu sou uma pessoa que sinto demais as pessoas, e meu sexto sentido fica apitando. Pode ser que seja uma primeira impressão, e acho ótimo quando eu estou enganada, porque muitas vezes as pessoas querem ajudar. Só o tempo dirá. Não posso me dar ao luxo de não passar em certos lugares, há situações que só me pronuncio à pessoa quando eu perceber que e real e não apenas uma impressão que tive. Já aconteceu de o que o segundo disse dar certo, do primeiro errar, eu acho ótimo quando as coisas dão certo quando um médico contesta o outro. O que não acho legal é médicos ficarem alfinetando uns aos outros, ou profissionais de outra área.

O paciente precisa de ajuda e não que o médico conteste tudo que um outro disse.

Adriana Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário