26 de setembro de 2015

Seu filho não precisa de piedade e sim de amor!

Quando é que as pessoas vão parar olhar pra Deficiência Física como a pior coisa do mundo? Como se a vida não tivesse mais jeito, como se nada mais fosse possível por causa da limitação ou diagnóstico da pessoa?
A pior coisa do mundo é não saber viver! 
É difícil? É! 
É cansativo? É!
É complicado? Sim, às vezes ou na maioria delas. 
Mas o filho é seu! Se você não o aceitar fica difícil mesmo.
Não seja mais um olhar perante o diagnóstico do seu filho como se ele só fosse isso. Já chega os olhares de piedade, as palavras frias de alguns médicos, salvo algumas pessoas raras que olham para nós com amor.
Nada é impossível pra uma mãe que se dedica, que tem amor pelo seu filho. É claro que não podemos ser levianas de achar que o amor resolve tudo. Temos que correr. Não adianta ficar reclamando. Mãos à obra! Chega de se vitimizar, de se colocarem como coitados!
Seu filho precisa de amor e não de piedade! É muito triste ver ainda famílias ou mães e pais que tem essa visão trágica de tudo. Peça ajuda, corra, faça, ame... Chore quando necessário. Não ouça palavras negativas de quem não sabe da sua luta, que desconhece o amor puro e essencial. Não deixe que a visão dos outros deturpe e embace o amor que sente por ele, e jamais em hipótese alguma deixe de olhar seu filho como uma pessoa com sentimentos. Porque garanto à você, se estivesse no lugar dele não iria gostar que te olhasse como coitadinho(a). 

(Adriana Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário