22 de novembro de 2014

Não olhe para seu filho da mesma forma que alguns olham para ele.

Quando uma pessoa for ignorante, ou olhar de uma forma diferente para seu filho, saia de perto, dê risada e diga a você mesmo: Não sabem de nada! Nada do que passamos, superamos, aprendemos, sorrimos, caímos, e acima de tudo, o quanto nos amamos! Não deixe que o olhar das pessoas intimidem vocês, que faça encará-lo como os outros acham que sabem. Afinal cada um sabe a dor e a alegria de ser o que é. Ninguém sabe como é calçar seus sapatos.

Ao mesmo tempo desarme-se do que você acha que poderá receber de todas as pessoas. Felizmente nem todos agem da mesma forma, apesar de estarmos acostumados a sempre nos decepcionar. Ainda existem poucas e raras pessoas que sorriem com amor, que se permitem entender, aprender, conviver e sentir nossos filhos e ouvir o que temos a compartilhar,

Essa semana eu fui buscar a minha filha na escola. E na nossa frente havia uma mãe com dois filhos, voltando da escola. As crianças não paravam de olhar para trás (como se ela fosse um ET). Sei que existe a curiosidade, mas aquilo começou me incomodar tanto que fechei a cara, e os vi falando algo pra mãe que também virou pra trás e disse algo como: Pare de ficar olhando.
Pensei na minha infância, e de como tudo era diferente. Apesar de naquela época (falo como algo muito distante porque as coisas mudaram pra pior na minha concepção) não era muito comum vermos crianças especiais nas ruas e ambientes, a forma no qual fomos criados nos permitiam ver com amor, sermos amigos e ajudarmos essas pessoas. Parece que hoje em dia as pessoas deixam claro esses olhares, e deveria ser ao contrário. 

As pessoas não estão do lado de cá, e não percebem que nossos filhos tem vontades, gostos, personalidade. Hoje em dia eu dou risada de quem acha que sabe tudo pelo que vê ou acha. Eu penso: Eu sei o que minha filha passou, eu sei quem ela é e o que gosta. Uma pena para as pessoas. É triste sim.Nunca caberão o que é amor incondicional e felicidade na raiz.

Não podemos mudar a forma que algumas pessoas olham para nossos filhos, porém a diferença está em como olhamos e conduzimos eles para a vida!

Adriana Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário