6 de junho de 2014

O uso das vagas reservadas erradamente.

Hoje fui no Supermercado Carrefour. E não adianta a gente reclamar com o estabelecimento, nem com quem ocupa indevidamente as vagas especiais que estrategicamente sempre são dispostas próximas à entrada do Supermercado.
O povo Brasileiro é mesmo folgado. Só pensa em si mesmo!
Quase tirei uma foto, mas meu marido não deixou com medo que alguém visse e de repente eu sofresse alguma agressão (como já ocorreu ali pelo mesmo motivo).
Pasmem: Um baita de um carrão na vaga especial. E sabe porquê?
Ele não era cadeirante. Nem tinha deficiência. Apenas o cidadão utilizou a vaga porque ela é maior e cabia melhor o seu carrão... Ninguém amassaria, ou arranharia a sua linda pintura.
Ao lado um outro carro, a pessoa de cabeça baixa porque viu a gente na vaga do lado com cadeirante.
Precisa ter uma lei que obrigue os estabelecimentos cobrarem isso das pessoas!
Ou as pessoas precisam aprender de uma outra forma... Se eu fosse alguma coisa nesse País eu aplicaria uma lei que quem desrespeitasse o direito dos outros, e fosse fotografado, apenas com o número da placa seria multado. 

Brasil: País da falta de educação em todos os sentidos!

(Adriana 11.04.2014) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário