2 de junho de 2014

O que nossos filhos gostam deve também ser respeitado.

Gosto do que faz minha filha feliz! Não importa que seja funk, que seja carnaval, se é certo ou errado. Ela tem um olhar ingênuo, sincero, puro, coisa que se muitos tivessem no coração, esse mundo seria muito melhor. A gente pode até não gostar de algumas coisas, a gente pode até não concordar e até não aceitar. Mas ignorante é aquele que não RESPEITA o direito de ser feliz do outro. Não gosto de rótulos, porque tudo que tem rótulo não tem opinião própria, e é produto de venda como produto na prateleira do supermercado. Ser feliz é não se importar com a opinião alheia. É comemorar mesmo que lá fora o sentido de tudo seja deturpado, que seja mero comércio. O coração da gente é o que manda. 
(Adriana - 02/03/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário