22 de maio de 2014

Palavras Negativas.

O que as pessoas pensam à respeito dos nossos filhos já sabemos. Isso realmente pra mim não importa. Já vi pessoas assim como a minha filha com suas dificuldades, mas com tantos talentos, que senti vergonha de mim mesma! Sempre somos perseguidas pela sombra da nuvem da sociedade que olha dizendo: - Oh coitadinha! Incapaz!

O que acho, já falei aqui e acho que as pessoas estão cansadas de ler. O que me deixa perplexa é ouvir coisas negativas de pessoas que não deveriam. Não quero aqui relatar coisas particulares demais, mas a impressão que tive ao passar por uma situação na semana passada foi de total pessimismo. Sei exatamente que a minha filha tem limitações. Que ela não faz determinadas coisas. Mas me apego à coisas que ela faz. Não vou mentir eu gostaria que ela fizesse muitas coisas. Sempre a incentivo. Mas eu percebi que ela tem uma personalidade muito forte, e só quem tem muita intimidade com ela a ponto de ela sentir-se segura arranca dela situações que vivo passando com ela aqui em casa. Se falam: A Jaque não faz isso, não fala, e a pessoa acha isso, não acho que tenho obrigação de ter que provar que ela faça. Eu sei o que ela faz e não faz. E me surpreendo muito com algumas coisas de momento que ela faz. Então as palavras negativas – Ela é isso ou aquilo hoje não me afetam como antigamente à ponto de me fazer pensar que as pessoas estão certas e ela é isso e acabou. Eu fico sem saber definir o que penso e sinto.

O que posso dizer é que me apego muito no sentimento de ser felicidade que a minha filha tem da hora que acorda até a hora que vai dormir do amor incondicional que ela possui por seus pais, pela alegria de ver seus amigos e pessoas que cuidam dela, e ela sabe e sente a verdade das coisas. Muita coisa ela não responde por que há coisas que precisam ser ganhas com confiança e ter reciprocidade. Quem duvida da capacidade dela, recebe um recuo muito grande na questão sentimental. Mas a cada dia essa minha filha prova que apesar de acharem isso ou aquilo, de palavras negativas das pessoas serem pronunciadas a fim de baixar os ombros de seus pais, ela responde com um belo sorriso: Ei, eu sou feliz, não importa o que você ache de mim, aqui temos muito amor, obrigada!

Acho que limitações todos nós temos. Apesar de muitas pessoas apontarem negativamente algumas coisas. E incapaz é quem não acredita que pessoas como ela fazem a diferença. Muitos andam, e são incapazes. Incapazes de amar. Deficientes de amor e de felicidade! Acho que as pessoas de uma forma geral se apegam muito à aparência. Como se fosse a aparência física fosse garantia de felicidade ou infelicidade. Pobre de elas acharem isso! Pra mim, essas que pensam isso são as verdadeiras coitadinhas! Elas olham, mas não nos intimidam a fazer. Elas olham acusando: - Ei você não é nada! E rimos felizes dizendo: Nós podemos tudo!

Temos amor no coração, fé e alegria em nossos passos mesmo que sejam doloridos, porque viver é uma extraordinária benção. Viva mais. Julgue menos. Não aponte o dedo. Aplauda a vida e pare de condenar as pessoas!

(Adriana – 29/04/2013)
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário