28 de maio de 2014

A Ignorância das Pessoas

Outro dia, estava andando com a minha filha. De repente, uma mãe olhou pro filho dela e o abraçou forte e disse: Ainda bem que meus filhos são saudáveis.
Olhei pra ela com dó, e pensei: Ainda bem que eu não penso como ela!
Mal sabem as pessoas tudo que já passamos. Como damos valor a cada sorriso da Jaqueline, o quanto ela é amorosa, grata, feliz e amada. E que para um pai e uma mãe como nós isso não é nada. As pessoas que acham difícil demais, porque são tão egoístas que não se imaginam por um segundo no nosso lugar!
O que prevalece é a forma respeitosa e natural que lidamos com a nossa filha, e as pessoas que nos gostam de verdade, nos respeitam, e nos olham com admiração e carinho.
Algumas pessoas tem muito o que aprender ainda! Tenho muito orgulho da minha filha. Tenho dó de quem não sabe amar de verdade.

(Adriana  - 16.09.2013)

Nenhum comentário:

Postar um comentário